Como carregar o bebê com segurança, conforto e ergonomia?


Ao utilizar um carregador de pano devemos prestar atenção em alguns detalhes para não prejudicar a postura e a estrutura corporal do bebê nem de quem o carrega. Ambos devem se sentir bem e confortáveis.

Abaixo algumas dicas muito importantes:

- O bebê deve ficar em posição fisiológica, ou seja, de cócoras ("sapinho"), com a coluna arredondada formando um "C" e as perninhas flexionadas acima ou na mesma altura que o bumbum, formando um "M". Desta forma basculamos a bacia do bebê para frente e ele fica sentadinho, com o peso do seu corpo recaindo somente sobre seu bumbum, não forçando nenhuma articulação ou musculatura;

- Devemos fazer um assento bem profundo. O tecido deve cobrir todo o bumbum, as coxas, chegar atrás dos dois joelhos e se manter entre o bebê e quem o carrega;

- O bebê deve ser carregado em uma altura que conseguimos dar um beijinho em sua cabeça sem qualquer esforço, desta maneira nos certificamos que ele não ficou nem muito alto nem muito baixo;

- No caso de bebês que ainda não possuem controle na cervical (não seguram a cabeça) devemos levar o tecido até suas orelhas para dar suporte ao pescoço. Aconselhamos deixar 1 dedo de margem entre o tecido e a nuca do bebê desta maneira nos certificamos que o tecido não ficou nem muito apertado nem muito frouxo;

- O tecido deve ficar bem tensionado e esticado em toda a extensão que envolve os dois corpos. Devemos manter a tensão no tecido durante todo o processo de amarração até chegar no nó, que deve ser sempre duplo na finalização para maior segurança;

- Deixar sempre as vias aéreas do bebê desobstruídas para que ele possa respirar sem nenhuma dificuldade. Jamais cobrir o rosto do bebê com o tecido;

- Sempre carregar o bebê com a barriga voltada para o corpo de quem o carrega, mantendo-o assim em posição fisiológica. Não indicamos carregar o bebê virado para frente, deitado na horizontal ou em posição de buda;

- Recomendamos que os pés do bebê fiquem sempre para fora do tecido, desta maneira conseguimos visualizar se os dois joelhos estão na mesma altura, nenhuma pressão é exercida sobre seus tornozelos e o reflexo de marcha não é ativado.